Início > Laboratorios de quimica do campus cacapava do sul recebem investimento em infraestrutura
Data de publicação 05/01/2021 - 20:00 Atualizado em: 05/01/2021 - 20:13

Laboratórios de química do Campus Caçapava do Sul recebem investimento em infraestrutura

Execução dos serviços começa este mês
Por Emanuelle Tronco Bueno

A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) assinou contrato que garante recursos para o projeto da rede de gases especiais que objetiva atender os laboratórios de química do Campus Caçapava do Sul. A solicitação da necessidade desse investimento foi levada à Reitoria pela direção do Campus e teve a cooperação das pró-reitorias de Planejamento e Infraestrutura (Proplan) e de Administração (Proad). A obra tem o valor de R$ 78.540,00 e está prevista para iniciar este mês.

Com a instalação da rede de gases, os oito laboratórios do prédio estarão aptos a funcionar em toda sua potencialidade. A construção da rede de gases oportuniza aos cursos do Campus Caçapava do Sul a ampliação dos estudos ambientais, geológicos e sobre mineração com análise de metais, pois o Campus possui um espectrômetro de absorção atômica que precisa da rede de gases para funcionar. O equipamento, modelo "SavantAA/SensAA/ExplorAA com Forno de Gratite GF 5000", é utilizado para análise de metais, podendo apresentar resultados em escala de partes por trilhão. Conforme informações das pró-reitorias, o pleno funcionamento do equipamento impactará tanto na excelência dos cursos de graduação e de pós-graduação, ao auxiliar nas pesquisas para trabalhos de conclusão de curso, dissertações e teses, quanto na prestação de serviços para as empresas da região.

Segundo a diretora do Campus Caçapava do Sul, Aline Balladares, este projeto insere a Universidade em um patamar de destaque na formação dos acadêmicos e no retorno do conhecimento científico para a sociedade: “nossa expectativa é melhorar a qualidade das atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas pelo Campus, proporcionando melhores condições de trabalho e estudo para a comunidade acadêmica de Caçapava do Sul”, conclui.