Início > Adafiunipampa presta homenagem oliveira silveira e o grupo palmares no cinquentenario do 2011
Data de Publicação 22/11/2021 - 14:17 Atualizado em 22/11/2021 - 14:17 178 visualizações

Adafi/Unipampa presta homenagem a Oliveira Silveira e o Grupo Palmares no cinquentenário do 20/11

Por Aline Reinhardt da Silveira

A Assessoria de Diversidade, Ações Afirmativas e Inclusão (Adafi), da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), marcou o dia da Consciência Negra deste ano com homenagem em seu site ao pesquisador, poeta e escritor Oliveira Silveira, um dos proponentes do primeiro ato pelo 20 de novembro como substituição ao 13 de maio. O ato, cuja realização completou 50 anos em 2021, foi realizado no Clube Náutico Marcílio Dias, em Porto Alegre, em 1971. 

Conforme explica a publicação realizada, foi a partir dessa proposta realizada incialmente no Grupo Palmares, que posteriormente migrou para o “GT Palmares do Rio Grande do Sul” no “Movimento Negro Unificado Contra a Discriminação Racial” (MNUCDR, atual MNU), que 13 de maio tornou-se o “Dia de Denúncia contra o Racismo”, e 20 de novembro passou a ser reconhecido como o “Dia da Consciência Negra”. Recentemente, o homenageado Oliveira Silveira foi indicado para receber o título de doutor honoris causa na Unipampa.

“As agendas nacionais de combate ao racismo passaram a integrar tanto Oliveira Silveira quanto o 20/11, data a qual simboliza a imortalidade de Zumbi dos Palmares, as Dandaras (as mulheres guerreiras habitantes da República dos Palmares), os indígenas refugiados, não negros empobrecidos e abolicionistas”, afirma o texto da publicação. 

Veja mais no site da Adafi.

 

    • card com selo comemorativo, foto dos anos 70 de 4 mulheres negras e 1 homem debatendo na faculdade de filosofia, e texto do link
      Oliveira Silveira é homenageado nos 50 anos dos atos pelo 20/11 como dia da consciência negra