Ícone do FacebookÍcone do TwitterrÍcone do YouTube
Início > Estudantes da unipampa campus sao borja conquistam premios no expocom sul 2019
Data de Publicação 27/06/2019 - 13:49 Atualizado em 27/06/2019 - 16:16 687 visualizações

Estudantes da Unipampa Campus São Borja conquistam prêmios no Expocom Sul 2019

O evento é um dos principais de comunicação da região e aconteceu entre os dias 20 e 22 de junho na Uniritter em Porto Alegre
Por Caroline Andrades

No último sábado, 22, ocorreu a premiação do Expocom Sul 2019,  uma atividade realizada pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), no Centro Universitário Ritter dos Reis (Uniritter), em Porto Alegre. O evento tem como objetivo premiar os melhores trabalhos da região sul do Brasil para disputar a fase nacional do congresso, que ocorrerá entre os dias 02 e 07 de setembro, na Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém. Neste ano, a Universidade Federal do Pampa (Unipampa) conquistou quatro prêmios na fase regional. 

O curso de Relações Públicas do Campus São Borja conquistou três prêmios. Os alunos Gabriel Bolzan e Nicole Costa venceram na categoria “Organização de evento’’, com o trabalho “A Mostra de Cinema da Unipampa: transformando a arte, a cultura e o audiovisual na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul”. De acordo com Gabriel, o projeto surgiu no componente de gestão de eventos cerimonial e protocolo do curso, além disso, ele afirma a importância de vencer esse prêmio no último ano da graduação e de levar o nome da Unipampa, para um evento como o Intercom. “É emocionante. Ser classificado entre os cinco melhores já tinha sido uma vitória, com o prêmio esse orgulho de ser Unipampa só aumenta’’, destaca Gabriel. Para a professora Elisa Lübeck, orientadora do trabalho, a conquista dos prêmios só comprova “a qualidade dos trabalhos produzidos aqui na Fronteira Oeste, fazendo com que a Unipampa seja reconhecida no cenário nacional’’, afirma. 

Estudantes do curso de Relações Públicas com seus prêmios. (Foto/Reprodução)

Já na categoria “Projeto de assessoria e comunicação governamental’’, venceu o trabalho ‘’Design Thinking como metodologia para o Planejamento de Relações Públicas e de Comunicação Organizacional: o caso do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Indústria Criativa da Unipampa”, produzido pela aluna Eduarda Campanholi. O projeto foi orientado pelos professores Fábio Fernandes e Marcela Guimarães, sendo desenvolvido no primeiro semestre do ano de 2018, na disciplina de gestão de mídias sociais. Para Eduarda, a premiação foi muito emocionante e durante o caminho que fez até o palco para receber o prêmio, passou um filme em sua cabeça. “Esse filme me mostrou o quão grata e privilegiada eu sou por ter tido a oportunidade de estar cursando um bacharelado em Relações Públicas em uma Universidade Federal de excelência’’, afirma. Segundo ela, eventos como o Intercom são grandes oportunidades para os alunos de graduação ampliarem seus conhecimentos e aumentar sua visão de mundo. Já para Fábio Fernandes, um dos orientadores de Eduarda, a conquista do prêmio demonstra que os profissionais formados pela Unipampa, “tem todas as prerrogativas e conhecimentos teórico-técnicos para desenvolverem com excelência as Relações Públicas de pessoas físicas e jurídicas’’. Ele ainda ressalta que o trabalho premiado, oferece destaque para o Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Indústria Criativa da Unipampa Campus São Borja. “Um Mestrado Profissional gratuito e novo que está em ascensão no mercado da pós-graduação’’, afirma Fábio. 

Ainda na divisão de Relações Públicas, a estudante Gabrielle Yasmin venceu na categoria “Produto de comunicação audiovisual (avulso)’’, com o vídeo “Vem para a Unipampa: Os melhores anos de sua vida’’. O trabalho foi feito juntamente com Carol Moreira, Helena Christofari e Thiago Lourenço, com orientação da professora Carmen Abreu. Segundo Gabrielle, o produto foi desenvolvido durante todo o segundo semestre de 2018 e tem como objetivo mostrar as diversas emoções que os estudantes vivem na Unipampa Campus São Borja. Durante a exposição do trabalho no evento, ela conta que a “sala de apresentação inteira chorou emocionada com o vídeo’’. Para Gabrielle, vencer a categoria só prova que o material conseguiu “transmitir tudo de melhor que estamos vivendo nesses anos de faculdade’’. A professora Carmen Abreu, orientadora do trabalho, enfatiza a visibilidade e o reconhecimento que o curso de Relações Públicas da Unipampa ganha com o prêmio, “vivemos um momento muito difícil de desvalorização da universidade pública e premiações como esta comprovam a qualidade do ensino público’’, conclui Carmen. 

Já na divisão de publicidade, o curso Publicidade e Propaganda do Campus São Borja foi premiado na categoria ‘’Spot’’, com a produção de uma campanha desenvolvida para a coleta seletiva do lixo, Projeto Transformar da Prefeitura Municipal de São Borja. O trabalho foi realizado pelos alunos Gabriel Prestes, João Victor Souza, Levi Carvalho, Luana Kasper e Pedro Cobra, com orientação da professora Sara Feitosa. A importância de trazer o prêmio para São Borja, segundo Luana, é levar o nome da Unipampa e  “competir com diversas universidades da região sul, inclusive particulares, e mostrar o potencial que a nossa universidade federal tem, um ensino público e de qualidade’’, destaca.

Estudantes de publicidade durante a premiação. (Foto:Intercom/Reprodução)

A professora Sara Feitosa, orientadora do trabalho dos alunos de publicidade, afirma que a premiação é um reconhecimento para todo o corpo docente do curso. O trabalho foi produzido no componente curricular de agência e contou com o apoio das professoras Juliana Salbego, Merli Leal e Renata Coutinho. Para ela, é importante estimular os alunos a participarem de eventos científicos “porque ali a gente tanto dá visibilidade à produção da universidade quanto a gente também aprende com o desenvolvimento de trabalhos de outras universidades’’, ressalta Sara. Neste ano, a Unipampa Campus São Borja foi finalista em 15 categorias no Expocom e apresentou no Intercom Jr., modalidade de artigos científicos, 21 trabalhos. 

randomness