Início > Mec autoriza curso de engenharia de aquicultura da unipampa com nota 4
Data de Publicação 21/07/2021 - 10:45 Atualizado em 21/07/2021 - 17:18 744 visualizações

MEC autoriza curso de Engenharia de Aquicultura da Unipampa com nota 4

Por Aline Reinhardt da Silveira

A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) passou por processo de avaliação do Ministério da Educação para implantação do curso de Engenharia em Aquicultura, obtendo nota 4, a segunda mais alta possível. O bacharelado em Engenharia virá substituir o atual Curso Superior de Tecnologia em Aquicultura (CSTA), iniciado em 2009 no Campus Uruguaiana.

De acordo com a documentação apresentada para avaliação pelo MEC, a proposta de substituição do CSTA pelo curso de Engenharia em Aquicultura surgiu das demandas percebidas pelo Núcleo Docente Estruturante do curso. O bacharelado, ofertado na modalidade integral e presencial, terá duração mínima de 10 semestres, somando carga horária total de 4.020 horas.

“O Curso de Engenharia de Aquicultura permitirá uma formação mais ampla dos acadêmicos, por apresentar maior carga horária e permitir maior aprofundamento dos componentes curriculares, propiciando a formação de profissionais com espírito de liderança e de inovação tecnológica”, afirma o coordenador do curso, professor Jeferson Bueno.  

O docente celebra a boa avaliação obtida após análise do MEC. “A nota 4 corresponde a um conceito “muito bom” na escala de avaliação dos cursos de graduação , o que nos coloca entre os cursos mais bem avaliados do país. Isto reflete  o grande trabalho em equipe que todos os servidores, discentes e terceirizados desempenharam durante todo esse processo. Esta nota representa também o grande potencial que a UNIPAMPA tem de contribuir para a formação de profissionais qualificados e preparados para o mundo do trabalho e/ou para a carreira científica. Sabemos que temos condições de  alcançar a nota máxima, e vamos seguir trabalhando para isso. No momento, só  temos o que comemorar”, destaca Bueno.

Próximos passos

A expectativa é de que a Engenharia de Aquicultura passe a integrar as opções de curso oferecidos pela Unipampa via Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ainda no primeiro semestre de 2022, o que depende da finalização do processo no Inep e publicação da autorização no Diário Oficial da União. 

Os discentes que ingressaram no Curso Superior de Tecnologia em Aquicultura (CSTA)  terão a oportunidade de integralizar o curso de acordo com um planejamento feito junto à coordenação de curso, com apoio do Núcleo Docente Estruturante. “Todos os aspectos  serão considerados para não  prejudicar de forma alguma  o discente”, reforça o coordenador da graduação. Já os estudantes que desejarem migrar do CSTA para a Engenharia de Aquicultura também poderão fazê-lo, por meio do Processo Seletivo Complementar da Unipampa.

 

    • fundo azul flúor, número 4 grande em branco, abaixo desenhos de peixes e escrito Engenharia de Aquicultura recebe autorização
      Engenharia de Aquicultura - Campus Uruguaiana