Início > Programa de pos graduacao educacao em ciencias quimica da vida e saude tem primeira defesa de
Data de Publicação 24/09/2021 - 18:07 Atualizado em 24/09/2021 - 18:10 362 visualizações

Programa de Pós-Graduação: Educação em Ciências, Química da Vida e Saúde tem primeira defesa de doutorado

Por Aline Reinhardt da Silveira

O Programa de Pós-Graduação: Educação em Ciências, Química da Vida e Saúde (PPGECQVS-Unipampa) realizou, nessa quinta-feira, 23, a primeira defesa de doutorado, com a tese Investigação acerca de ações Transversais em escolas da Argentina, Brasil e Uruguai, defendida pela doutoranda Cátia Silene Carrazoni Lopes Viçosa, orientada pela professora Dra. Andréia Salgueiro e coorientada pelo professor Dr. Vanderlei Folmer. O PPGECQVS caracteriza-se por ser um programa interinstitucional de associação ampla, constituído por orientadores vinculados à Universidade Federal do Pampa (Unipampa) e duas instituições associadas: Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

A primeira seleção do programa ocorreu em 2018/1 e tem diversas pesquisas em andamento. Considerando os ingressantes na mais recente seleção, há previsão de outras 29 defesas de tese até o ano de 2024, e 47 defesas de mestrado até o ano de 2022.

O trabalho de Cátia Viçosa estava alocado na linha de pesquisa Processos de Ensino e Aprendizagem na Escola, na Universidade e no Laboratório de Pesquisa. A doutoranda é egressa do curso de Licenciatura em Ciências da Natureza, do Campus Uruguaiana e, após a graduação, o mestrado em Educação em Ciências na UFSM. Retornou à Unipampa para cursar o doutorado na ocasião da abertura do PPGECQVS-Unipampa. A banca avaliadora foi composta pelos professores doutores Ailton Jesus Dinardi, docente da Unipampa, Gisele Shaw, professora da Universidade Federal do Vale do São Francisco, Luciana Uchôa, docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco, e Rafael Roehrs, docente da Unipampa. No total, a defesa pública contou com 41 participantes, a maioria discentes do PPGECQVS, conforme relato do professor Vanderlei Folmer.

Sobre a tese

A pesquisa investigou o desenvolvimento de ações transversais em países fronteiriços pertencentes ao Mercosul. Foram realizadas atividades de pesquisa e formação de professores em cidades pertencentes à tríplice fronteira entre Argentina (Paso de los Libres), Brasil (Uruguaiana e Barra do Quaraí) e Uruguai (Bella Union). Ainda, a pedido do Ministerio de Educación de Corrientes, foram realizadas atividades na cidade de Corrientes (Argentina). 

Como principal desfecho, a tese indica que a transversalidade, apesar de sua significância e da orientação dos documentos oficiais, ainda é desenvolvida de maneira reduzida na prática educativa dos participantes do estudo. O emprego desta estratégia de ensino tem se configurado como deficitário em decorrência da escassez de subsídios em formações continuadas com foco neste tipo de abordagem. Para aproximar-se da transversalidade, é preciso superar paradigmas educacionais e cessar a dissociação de conteúdos tradicionais de temas contemporâneos e urgentes à sociedade. Isso deve ser feito aliando a formação docente com políticas educativas que tenham em conta a renovação do compromisso formativo, que permita ao professor problematizar o contexto em que a escola está inserida.

Com informações de Vanderlei Folmer
 

    • logo ppg
      Primeira defesa de doutorado marca PPGECQVS