Início > Reitoria da unipampa faz comunicado sobre o planejamento de acoes apos bloqueio orcamentario
Data de Publicação 08/06/2022 - 19:49 Atualizado em 11/06/2022 - 09:47 600 visualizações

Reitoria da Unipampa faz comunicado sobre o planejamento de ações após bloqueio orçamentário

Atividade, que contou com a presença do presidente da Andifes, Marcus David, apresentou os impactos na Unipampa

Nesta quarta-feira, 8, às 10h, um encontro para comunicar a situação do orçamento da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) convidou coordenadores de cursos de graduação e de pós-graduação; membros dos sindicatos; representantes dos alunos; diretores; coordenadores administrativos e acadêmicos dos campi; pró-reitores; o vice-reitor, Marcus Querol, e o reitor, Roberlaine Ribeiro Jorge. Também participou do comunicado o reitor da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Marcus Vinicius David.

Na abertura, o convidado, Marcus David, apresentou um breve relato sobre a situação que envolveu a constituição da Lei Orçamentária de 2022, equivalente à de 2019, e as dificuldades relacionadas à manutenção das atividades das Universidades Federais nos últimos anos. David também destacou o bloqueio de 7,19% no orçamento discricionário das IES e a inviabilidade de pagamento de despesas até o final do ano, fato que afetará todas as ações das Universidades: contratos, despesas básicas de água e luz, bolsas e projetos. Ressaltou, ainda, a importante participação da Unipampa junto às demais Instituições nos atos de mobilização nacional contra o bloqueio.

Na sequência, o reitor da Unipampa, Roberlaine Ribeiro Jorge, falou das atividades e ações realizadas pela Instituição e enfatizou a contrariedade da Unipampa com os bloqueios orçamentários, que podem ser temporários ou definitivos, que prejudicam todo o andamento da Universidades e ocasionarão a reestruturação de vários contratos e projetos prioritários.

Na continuidade do comunicado, o vice-reitor da Unipampa, Marcus Querol, relatou sobre a sua participação junto às reuniões da Andifes e destacou sua preocupação com os bloqueios realizados. Segundo o gestor, é momento de replanejar prioridades. Querol acentuou a importância de toda a comunidade estar informada sobre a situação orçamentária grave em que se encontra a Unipampa. Além disso, agradeceu pela participação e envolvimento de todos os presentes, importante ação coletiva em prol da Educação Superior.

Reunião reuniu gestores da Unipampa para tratar sobre o orçamento - Divulgação

Durante o comunicado, a pró-reitora de Planejamento e Infraestrutura, Viviane Kanitz Gentil, apresentou os dados orçamentários da Unipampa, destacando também a contrariedade com os bloqueios e os impactos nas ações de assistência estudantil, desenvolvimento educacional, manutenção geral da Instituição e contratos vigentes. A gestora destacou que, no dia 27 de maio, a Unipampa teve bloqueio confirmado em seu orçamento discricionário, no montante de R$ 7.233.373,00 (sete milhões, duzentos e trinta e três mil, trezentos e setenta e três reais), o que representa 14,54% de seu recurso para 2022. Viviane explicou que, no dia 03 de junho, esse bloqueio foi alterado para 7,19%, permanecendo bloqueado o valor de R$ 3.577.931,00 (três milhões, quinhentos e setenta e sete mil, novecentos e trinta e um reais). “A Universidade já estava projetando mais de R$ 4 milhões em defasagem de seu orçamento, o que, somado ao corte, inviabiliza a Instituição em suas atividades básicas”, explica a pró-reitora.

Foram detalhadas aos participantes as principais despesas e ações da Instituição, bem como a necessidade de, nos próximos dias, organizar reuniões focais para analisar o orçamento da cada unidade. O objetivo é o de reestruturar o planejamento, redimensionando prioridades, considerando o bloqueio (temporário ou definitivo) do orçamento da Unipampa.

A reunião foi encerrada pelo vice-reitor, que reforçou a importância de todos no replanejamento de cada Unidade, através das reuniões setoriais, e deixou contato de e-mails à disposição para dúvidas e sugestões.