Início > Unipampa promove seminario de libras
Data de Publicação 14/05/2024 - 11:05 Atualizado em 14/05/2024 - 15:38 180 visualizações

Unipampa promove Seminário de Libras

A atividade aconteceu no fim do mês de abril no Campus Itaqui
Por Luciane Mancilia

A Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Campus Itaqui, realizou o “Seminário de LIBRAS: abordando à interculturalidade na perspectiva da comunidade surda”. A primeira edição do evento aconteceu em abril e foi realizado por professores surdos de Libras dos campi Alegrete, Caçapava do Sul, Dom Pedrito, Jaguarão e São Borja, bem como por estudantes do curso Ciência e Tecnologia de Alimentos do Campus Itaqui e da Pró-reitora de Comunidades Ações Afirmativas, Diversidade e Inclusão (Procadi) da Instituição.

A atividade comemorou, fundamentou e dialogou a respeito da Lei nº 10.436/2002, a Lei de Libras, que completa 22 anos no ano de 2024. Com a participação de professores, alunos e a comunidade externa das cidades de Itaqui, São Borja e Uruguaiana, o evento contou com painéis, mesa redonda e palestra que abordou e conscientizou a respeito de direitos, dilemas e vivências da Comunidade Surda. Segundo a assessora de Educação de Surdos da Procadi, Keli Krause enfatizou o objetivo geral do seminário: “Comemorar os 22 anos da lei da Libras, que é de suma importância para difundir a Libras e estimular a comunidade surda a conhecer e utilizá-la”, afirma.

Participaram da solenidade de abertura do evento o diretor do Campus Itaqui, José Carlos Severo Corrêa; a pró-reitora da Pró-reitora de Comunidades Ações Afirmativas, Diversidade e Inclusão (Procadi), Claudete da Silva Lima Martins; a chefe da Divisão de Educação Inclusiva e Inclusiva da Procadi, Gilvane Correa; a assessora de Educação de Surdos da Procadi, Keli Krause; do Campus São Borja, a professora Marceli Romeu; do Campus Jaguarão, a professora Cássia Virgínio da Silva; do Campus Caçapava do Sul, o professor Willian Brum; do Campus São Borja e a professora Ana Paula Gomes Lara; do Campus Alegrete. O protocolo de cerimonial foi realizado pelo discente João Vitor de Borba, do Campus Itaqui.

A pró-reitora da Procadi, Claudete Martins, destacou reitera a importância e o sucesso que a ação teve em sua primeira realização: “No dia 24, a Lei 10.436/2002, reconhecendo a Língua Brasileira de Sinais (Libras) como meio legal de comunicação e expressão em nosso país, completou 22 anos. Neste sentido, termos um evento é de extrema importância, pois esse tempo-espaço formativo, oportunizou diálogo, visibilidade, divulgação e valorização da Libras como Língua, reconhecendo sua importância tanto para a comunidade surda, quanto, principalmente, para a sociedade como um todo”, conclui.

Conheça mais sobre os cursos de graduação da Unipampa no Portal de Ingresso na Graduação.

    • Imagem em ambiente fechado contendo pessoas interagindo.
      Comunidade Surda e professoras da educação básica de São Borja e colaboradores da Unipampa (Foto: Divulgação)
    • Imagem em ambiente fechado contendo pessoas interagindo.
      Comunidade Surda e professoras da educação básica de São Borja e colaboradores da Unipampa (Foto: Divulgação)
    • Imagem em ambiente fechado contendo pessoas interagindo.
      Comunidade Surda e professoras da educação básica de São Borja e colaboradores da Unipampa (Foto: Divulgação)
    • Imagem em ambiente fechado contendo pessoas interagindo.
      Comunidade Surda e professoras da educação básica de São Borja e colaboradores da Unipampa (Foto: Divulgação)
    • Imagem em ambiente fechado contendo pessoas interagindo.
      Comunidade Surda e professoras da educação básica de São Borja e colaboradores da Unipampa (Foto: Divulgação)
    • Imagem em ambiente fechado contendo pessoas interagindo.
      Comunidade Surda e professoras da educação básica de São Borja e colaboradores da Unipampa (Foto: Divulgação)