Início > Curso de Ciencias Economicas Divulga Indice Da Cesta Basica Do Mes de Dezembro Em Santana Do
Curso de Ciências Econômicas divulga Índice da Cesta Básica do mês de dezembro em Sant'Ana do Livramento
Data de publicação 09/01/2020 - 13:27 Atualizado em 09/01/2020 - 13:28
Por joão timóteo de los santos

Acadêmicos do Curso de Economia da UNIPAMPA: Andressa Perez Chaves, Carlos Leonardo Esteves Vilagram, Clovis Pereira Lemos Neto, Lucimara Oliveira Santos, Matheus Iracet Dias, Thamyris Gomez Mocellin, sob a Coordenação do professor Carlos Hernán Rodas Céspedes, divulgam que o custo da cesta básica de produtos alimentícios do mês de dezembro teve um aumento de 2,77% em relação ao respetivo custo registrado em novembro. No entanto, o aumento de dezembro foi menor que o registrado no mês anterior quando a cesta teve o seu custo incrementado em 6,3%, repercutindo o expressivo aumento no preço da carne que foi de 19,07%. 

No mês de dezembro, o preço da carne também aumentou, mas desta vez o incremento foi de 4,4%, isto é, quatro vezes menor que a elevação registrada no mês de novembro, aproximadamente. No último mes do ano, a maior pressão sobre o custo da cesta de dezembro foi provocada pelo preço do tomate que teve um aumento de 9,4%. Outros alimentos que incidiram na elevação do custo da cesta foram os aumentos verificados no preço do açucar, 4,8%, e, no preço do arroz, 2,65%.  

Três produtos apresentaram diminuição no seus preços em dezembro: a batata, -1,41%; o café, -1,17%; e, a farinha, -0,76%. No entanto, as quedas nos preços desses alimentos ao não ter a mesma ponderação no índice que a carne e o tomate, não foram suficientes como para compensar os aumentos ocorridos nesses dois produtos.   

Assim, o custo da cesta básica que em novembro foi de R$ 427,59, passou para R$ 439,46, no mês de dezembro.

Levando-se em consideração que até o mês de dezembro o valor do salário mínimo nacional era de R$ 998,00, o trabalhador teve que disponibilizar de 96 horas e 52 minutos das 220 horas mensais de trabalho comprometidas para comprar a cesta básica de alimentos.  

Como no Rio Grande do Sul as faixas do salário mínimo variam entre R$ 1.237,15 e R$ 1.567,81, a proporção entre o gasto com a cesta básica e o valor do salário mínimo gaúcho flutuou entre 35,52% e 28,03%, respetivamente. Tais proporções foram inferiores à equivalente em nível nacional que ficou em 44,03%, no mês de dezembro.  

Em tempo de concluir a entrega deste informativo, agradecemos aos proprietários e responsáveis dos estabelecimentos comerciais que permitiram que a coleta dos preços pudesse ser realizada. 

INFORMATIVO DO ÍNDICE DO CUSTO DA CESTA BÁSICA DE SANT’ANA DO LIVRAMENTO Dezembro/2019

INFORMATIVO DO ÍNDICE DO CUSTO DA CESTA BÁSICA DE SANT’ANA DO LIVRAMENTO Dezembro/2019

INFORMATIVO DO ÍNDICE DO CUSTO DA CESTA BÁSICA DE SANT’ANA DO LIVRAMENTO Dezembro/2019

randomness