Início > Informativo Do Indice Do Custo Da Cesta Basica de Santana Do Livramento Janeiro2020
INFORMATIVO DO ÍNDICE DO CUSTO DA CESTA BÁSICA DE SANTANA DO LIVRAMENTO - Janeiro/2020
Data de publicação 10/02/2020 - 14:24 Atualizado em 10/02/2020 - 14:25
Por joão timóteo de los santos

Os acadêmicos do Curso de Economia da UNIPAMPA: Andressa Perez Chaves, Clovis Pereira Lemos Neto, Matheus Iracet Dias, Thamyris Gomez Mocellin, coordenados pelo professor Carlos Hernán Rodas Céspedes, apresenta o Índice do custo da Cesta Básica de Santana do Livramento no mês de Janeiro de 2020.

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, DIEESE, no primeiro mês de 2020, o custo dos alimentos que compõem a cesta básica aumentou em onze das dezessete 17 capitais estaduais.  As maiores altas ocorreram nas cidades de Aracaju (+4,75%), Salvador (+4,43%),  João Pessoa (+3,87%) e Belo Horizonte (+2,57%). Entre as capitais onde a cesta básica teve o seu custo diminuido destacam-se: Florianópolis (-4,41%), Rio de Janeiro (-1,89%), e Curitiba (-1,43%). Em Porto Alegre, o custo da cesta diminuiu no mês de janeiro em 0,66%.

Na cidade de Sant’Ana do Livramento, o custo da cesta que em dezembro do ano passado registrou o valor de R$ 439,46, no mês de janeiro do ano em curso ficou em R$ 431,14. Ou seja, o custo da cesta básica no primeiro mês do ano teve uma redução de -1,89%, tal como pode ser conferido a partir dos dados da tabela abaixo.    

Entre os preços dos alimentos que apresentaram as maiores quedas podem ser citados: o tomate (-7,26%), o açucar (-4,24%), a batata (-4,10%) e a carne (-3,01). Embora a maior queda esteve representada pelo preço do tomate, deve ser destacado o recuo no preço da carne em janeiro, depois de dois meses de expressivo aumento.  

Os alimentos cujos preços que apresentaram os maiores aumentos foram: a manteiga (+3,31%), o arroz (+1,60%), o óleo (+1,50%), e, a banana (+1,05%).

Considerando que R$ 1.039,00 é o valor do salário minimo pago pelas duzentas e vinte horas de trabalho mensal, o trabalhador dedicou no mês de janeiro um total de 91 horas e 17 minutos de trabalho  para  comprar a cesta básica de alimentos. Em termos do salario minimo vigente em nivel do Brasil, o trabalhador destina o equivalente a 41,49% desse valor para adquirir a cesta básica. É provavel que em termos do salário minimo regional do Rio Grande do Sul,  a proporção salarial dedicada à compra da cesta seja menor, uma vez que desde a sua promulgação, o seu valor tem sido maior que o salario minimo vigente no Brasil.  

Em tempo de concluir a entrega deste informativo, agradecemos aos proprietários e responsáveis dos estabelecimentos comerciais que permitiram que a coleta dos preços seja realizada. 

Valor da Cesta Básica da cidade de Sant’Ana do Livramento Dez/2019 e Jan/2020

Valor da Cesta Básica da cidade de Sant’Ana do Livramento Dez/2019 e Jan/2020

Valor da Cesta Básica da cidade de Sant’Ana do Livramento Dez/2019 e Jan/2020

randomness