Início > Unipampa lanca campanha para aprendizado sobre transtornos mentais
Data de Publicação 23/05/2022 - 10:33 Atualizado em 23/05/2022 - 10:52 514 visualizações

Unipampa lança campanha para aprendizado sobre transtornos mentais

Campanha idealizada pela Progepe vai até o mês de outubro com diferentes temas a serem abordados

A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) divulga campanha para debater e fornecer informações sobre transtornos mentais. A iniciativa é promovida pela Divisão de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho (DASST) e Divisão de Perícias (DP) vinculadas à Coordenadoria de Qualidade de Vida e Desenvolvimento de Pessoal (CQVDP) da Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progepe). Intitulada "Aprendendo sobre transtornos mentais”, o objetivo é debater e expandir o conhecimento sobre determinadas patologias, sobretudo após o retorno presencial das atividades e das particularidades dessa readaptação.

A ação idealizada pela Progepe busca orientar os gestores para reconhecerem mudanças no padrão comportamental dos servidores que compõem sua equipe. Segundo a equipe da DASST, os sinais podem variar desde uma tristeza excessiva, falta de esperança, perda de interesse em atividades, modificações de apetite e hábitos de sono, choro fácil, perda de paciência e irritabilidade. Algumas situações de trabalho também podem potencializar essas mudanças comportamentais, tais como: má organização do trabalho, falta de reconhecimento e de autonomia, cansaço excessivo e jornadas exaustivas, situações de assédio e violência psicológica, problemas na comunicação, cobranças irreais e metas inalcançáveis, clima ruim e com índice alto de insatisfação profissional. A Unipampa recomenda que os gestores exercitem o diálogo empático com os servidores, e em caso de necessidade, indiquem a busca por auxílio psicológico junto à Progepe.

Ainda dentro dos objetivos da campanha estão o combate a tabus relacionados aos transtornos mentais, o estímulo ao acolhimento como meio para gerar efeitos positivos em relação ao clima de trabalho e ao suporte às atividades desempenhadas. Além da busca por alternativas para que a rotina de trabalho seja mais produtiva e saudável a todos que compõem a equipe. Durante os meses de junho a outubro serão divulgados materiais que abordam temas específicos de saúde mental, e que são considerados mais recorrentes entre os servidores da Universidade com impacto no ambiente laboral. Por meio do compartilhamento de informações, a iniciativa da Progepe procura aumentar o conhecimento sobre as patologias e assim contribuir para a promoção de um ambiente de trabalho inclusivo, diverso e humano, evitando a psicofobia.

De acordo com a Associação Brasileira de Psiquiatria, psicofobia é o preconceito voltado às pessoas que apresentam transtornos psiquiátricos e deficiências intelectuais. O termo foi criado para evitar que aqueles que sofrem com esses distúrbios sejam afastados do convívio social e para que, quando são diagnosticados, não tenham vergonha de buscar ajuda médica. As pessoas que apresentam quadros clínicos como a depressão, a ansiedade e a esquizofrenia, por exemplo, necessitam não somente de tratamento especializado, mas também de apoio e compreensão, tal qual ocorre com qualquer outra dificuldade de saúde, seja física ou psicológica. Preconceitos afetam a autoestima e interferem negativamente no tratamento dessas enfermidades que, por si só, geram grande sofrimento.

O mês de maio é um período tradicional de lutas pela garantia de direitos das pessoas que possuem algum transtorno psiquiátrico ou deficiência intelectual. Durante muitos anos, assuntos relacionados ao tema possuíam pouca visibilidade e eram cercados por tabus, ocasionando preconceitos e trazendo mais sofrimentos a quem necessita de ajuda, empatia e compreensão. Os eventos da campanha buscam abordar esses temas, principalmente em virtude das consequências da pandemia de Covid-19 no agravamento de casos de transtornos mentais, evitar preconceitos e fornecer apoio e acolhimento aos servidores da Universidade.

Com informações de Cindy Rosa Martinez

Ilustração da campanha "Aprendendo sobre Trantornos Mentais", com título da campanha, fundo azul e quadro com cronograma

    • Ilustração da campanha "Aprendendo sobre Trantornos Mentais", com título, ícone com rosto humano e fundo em tons de azul
      Campanha busca estimular o aprendizado sobre diferentes patologias e combater tabus