Início > Ultimo dia para participar do processo seletivo para concessao de bolsas de gestao da inovacao e
Data de publicação 07/07/2020 - 12:53 Atualizado em: 07/07/2020 - 15:06 63 visualizações

Último dia para participar do processo seletivo para concessão de bolsas de Gestão da Inovação e Tecnologia

Por Franceli Couto Jorge

Encerra nesta terça-feira, 7, o prazo para participar do processo seletivo para concessão de bolsas de Gestão da Inovação e Tecnologia (GIT), do Programa Institucional de Bolsas GIT – Inova RS. O documento que rege a seleção na Universidade Federal do Pampa (Unipampa) é o Edital nº 160/2020, que tem como objetivo selecionar profissionais com experiência em gestão de projetos de inovação, ciência e tecnologia, para atuarem nas atividades de suporte aos comitês locais e gerenciamento de projetos estratégicos nos Ecossistemas Regionais de Inovação.

As inscrições devem ser feitas por meio do preenchimento do Formulário de Inscrição no site do PampaTec, até às 23h59 desta terça-feira, 7 de julho. A Unipampa não se responsabiliza por problemas ocorridos no envio da inscrição. Importante: é necessário enviar a documentação solicitada no item 4 do Edital nº 160/2020.

Serão disponibilizadas três bolsas, em duas modalidades distintas: uma na GIT1 e duas na GIT2. As bolsas terão o prazo máximo de 24 meses para sua execução, sem prorrogação. O valor bruto das bolsas pagas pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs) é de R$ 3 mil mensais para a modalidade GIT2 e de R$ 5 mil mensais para a modalidade GIT1. Os candidatos que comprovarem mais de três anos de experiência em gestão de projetos, preferencialmente na área de inovação, concorrerão concomitantemente às bolsas GIT1 e GIT2. Os candidatos com comprovação de um a três anos de experiência em gestão de projetos concorrerão somente às bolsas GIT2.

 

Quem pode se inscrever?

Podem participar do processo seletivo aqueles candidatos que atendam aos seguintes requisitos:

- Não ter vínculo de parentesco em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, com membros da Comissão de Seleção, indicada pela Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação - Proppi (Anexo IV);

- Não ser beneficiário de outra bolsa de qualquer natureza;

- Não possuir vínculo empregatício de qualquer natureza;

- Ser brasileiro ou estrangeiro com visto permanente no Brasil;

- Ser residente e domiciliado no ERI ao qual pretende atuar, conforme as divisões territoriais propostas pelo Programa Inova RS, durante a vigência da bolsa.

 

Para mais informações, leia atentamente o Edital nº 160/2020.

randomness